Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

um eléctrico chamado desejo

um eléctrico chamado desejo

noite

a antiga noite prolonga-se na noite que é hoje. chega-me um mensageiro com carta de alvorada. não me mandem um mensageiro, mandem-me um franco-atirador quando à janela eu espreitar. a princípio não se sente nada. é como uma ausência de mundo. é suavidade. depois o calor de sangue a lavar o corpo. oh noite bate as asas e acorda-me do pesadelo em noite de fantasmas, e leva-me para o pé de ti.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D