Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

um eléctrico chamado desejo

um eléctrico chamado desejo

tirar o pó

quando não estou no eléctrico, estou na largueza das vezes aqui. é a minha casa. temporária. vazia. coberta de pó. sento-me no exercício de pensar. para não me cansar de mim. e não faço mais nada do que tirar o pó. somente para poder respirar. limpar sem ter de soprar. soprar só levanta mais pó. tiro o pó limpando. e sento-me.

butterfly

vejo-te assim. livre. segura. vejo-te como como borboleta. leve. a pousar nas flores mais belas. a espalhar luz. a fazer inveja a qualquer pirilampo deste jardim. o teu único casulo é o 28. é libertação e prisão. contradição desta viagem única. desfila. desfila para mim neste corredor do eléctrico. perdoa-me na ousadia. perdoa-me na loucura.

despedidas

como carteirista sinto-me um marinheiro. o eléctrico também navega. viagens sem fim ao sabor da maresia urbana. na saída do eléctrico despeço-me sempre. já me despedi com um estamos juntos. com um até já. com um adeus. quero afundar as despedidas nas mágoas das lágrimas com que encho o oceano.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D