Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

um eléctrico chamado desejo

um eléctrico chamado desejo

voo

voo. do voo raso voo para um voo de Altitude. alto. alto como devem ser os sonhos. alto para ver as estrelas de cima. como se estivesse num miradouro a ver a casa. a casa de onde se vêem as estrelas de baixo. de cima ou de baixo, vemos as mesmas estrelas, porque o brilho é o mesmo.

a luz acesa do quintal

tenho uma casa com quintal. gosto de plantar no meu quintal memórias. não todas. só aquelas que quero semear. para contemplar e colher. não quero esquecer. por isso mantenho a luz do quintal acesa. deixo-acesa propositadamente. para iluminar as memórias com luz. mesmo que escureça ou se ponha a noite, a luz obriga-me a ver. ver é não esquecer.

a palavra não desistiu

a palavra não desistiu. não desistiu de apelar à confiança. matem-se sóbria na embriaguez das estrofes que a rodeiam. palavra que procura reencontrar a nudez do corpo em silêncio. palavra que não quer abandonar o corpo. agarra-se à mão. segura.

céu estrelado

empurro as horas para a frente. curvo-me até ao chão. talvez te lembres de todas as palavras murmuradas. mas não ouviste o universo inteiro que chorei. carregado de nuvens que desabaram. viro-me de barriga para cima e olho. e digo. temos de esperar pelo céu estrelado.

do a(mar)

ver o mar pelo teu olhar. ter o mesmo olhar. usar os teus olhos. seres parte da minha visão. olhar para ti e ver a beleza do mar. olhar-te simplesmente ao pé do mar. e encontrar a beleza que não tem por onde fugir.

mas apanharei o electrico

"Soará duas vezes a campainha lá do fim invisível da correia puxada Pelas mãos de dedos grossos do condutor por barbear. Apanharei o eléctrico. Ai de mim; apesar de tudo sempre apanhei o eléctrico"

Álvaro de Campos - Livro de Versos . Fernando Pessoa.

tempo

saber esperar é estar. é ficar. difícil este exercício de prova de existência. impaciência controlada ou esperança domada? há quem demore mesmo que nunca se atrase. é porque ama. e um amor nunca vem a tempo. quer-se tanto que está sempre fora de tempo. está fora de tudo para estar dentro do amor. ausente do tempo para ter espaço para amar.

se eu gosto de poesia?

"Gosto de gente, bichos, plantas, lugares, chocolate, vinho, conversas amenas, amizade, amor. Acho que a poesia está contida nisso tudo." Carlos Drummond de Andrade

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D