Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

um eléctrico chamado desejo

um eléctrico chamado desejo

o texto

tu és mais que uma citação. és a palavra direta na primeira pessoa. a palavra posta no livro que escrevo a uma só mão. o texto lê-se na transparência do que sinto. por ti.

XLVII

Reconhecer dois tipos de possível: o possível diurno e o possível proibido. Tornar, se possível, o primeiro igual ao segundo; encaminhá-los na via régia do fascinante impossível, o mais alto grau do compreensível. rené char furor e mistério trad. margarida vale de gato relógio de água 2000

abracadabra

sexo e jazz são saídos da mesma pauta. a mesma manipulada pela batuta que chama pela não que amo e agarra com a firmeza de tesão. tanta que não larga até a loba uivar. é a metamorfose da tusa de amor que se escolhe, sem a qual os poetas não ousam ter prazer. abracadabra. vim-me.

noite

a antiga noite prolonga-se na noite que é hoje. chega-me um mensageiro com carta de alvorada. não me mandem um mensageiro, mandem-me um franco-atirador quando à janela eu espreitar. a princípio não se sente nada. é como uma ausência de mundo. é suavidade. depois o calor de sangue a lavar o corpo. oh noite bate as asas e acorda-me do pesadelo em noite de fantasmas, e leva-me para o pé de ti.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D