Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

um eléctrico chamado desejo

um eléctrico chamado desejo

um par ímpar

neste eléctrico encontrei um amor improvável com probalidade de acontecer. o que não era foi. deu-se na improbabilidade. esboçou-se na ingovernabilidade das vidas. a vida, a nossa, passou a fazer-se com um tu. um tu que era um nós. um par divisível. tanto que deu ímpar. um par ímpar. era o que éramos. mas na matemática nem tudo é exato. na matemática dos casos complexos, dividiu-se um caso notável. uma fração que deu erro. um problema que não se resolveu na trigonometria da vida. uma equação com tramitação para o perdão.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D